Ocorrência de serpentes e os riscos à comunidade do IF Baiano Campus Santa Inês

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35642/rm.v8i1.1059

Palavras-chave:

Acidentes, Ofídios, Preservação Ambiental

Resumo

Durante o período de março de 2022 a abril de 2023, foi conduzido um estudo no IF Baiano Campus Santa Inês com o intuito de documentar e avaliar o perigo associado à frequência de serpentes na instituição. Ao longo desse período, foram registradas 82 aparições de serpentes. Em 55 casos foram capturadas imagens, o que permitiu a identificação de 51 delas por suas características morfológicas.  Os gêneros mais comuns foram Crotalus, Bothrops e Philodryas. Essas serpentes foram avistadas em diferentes locais do campus, destacando-se 16,36% delas em salas dos cursos técnicos, 16,36% nos setores de criação animal e suas adjacências, 14,55% nas áreas próximas e na seção de horticultura, e outras porcentagens em espaços como a biblioteca, pavilhão de aulas dos cursos superiores, portaria, prédio administrativo, residências dos servidores, NAPNE e alojamentos dos alunos. Ao considerar a comunidade interna de 1.491 pessoas, entre prestadores de serviços e alunos, torna-se necessária a implementação de medidas preventivas. Nesse sentido, a inclusão de ações educativas, como palestras, oficinas e a distribuição de cartazes informativos sobre as espécies de serpentes presentes na instituição é vital. Essas medidas são essenciais para mitigar os riscos de acidentes, consoante com a legislação ambiental vigente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marília Almeida dos Santos, IF Baiano Campus Santa Inês

Discente do IF Baiano Campus Santa Inês Curso Bacharelado em Zootecnia

Leonardo Teixeira Sousa, IF Baiano Campus Santa Inês

Mestre em Geografia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Docente de Geografia no IF Baiano Campus Santa Inês

Fred da Silva Julião, IF Baiano Campus Santa Inês

Doutor em Biotecnologia em Saúde e Medicina Investigativa (FIOCRUZ/Bahia). Docente de Parasitologia no IF Baiano Campus Santa Inês (IF Baiano CSI), Santa Inês, Bahia, Brasil. BR 420 (Rodovia Santa Inês – Ubaíra), Zona Rural, CEP 45320-000.

Referências

ALBUQUERQUE, Polianna Lemos Moura Moreira et al. Clinical assessment and pathophysiology of Bothrops venom-related acute kidney injury: a scoping review. Journal of Venomous Animals and Toxins including Tropical Diseases, São Paulo, v. 26, 2020. DOI: 10.1590/1678-9199-JVATITD-2019-0076. Disponível em: https://www.scielo.br/j/jvatitd/a/HzyqxwrYDxPhkgKHHxH3mRh/?lang=en. Acesso em: 12 jul. 2023.

ALVES, João Victor de Almeida; ALMEIDA, Ana Júlia de; SILVEIRA, Luana Santos. Hematologia de Serpentes: Revisão de literatura. In: ANAIS DO XIII CONGRESSO FLUMINENSE DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA / VI CONGRESSO FLUMINENSE DE PÓS-GRADUAÇÃO, 2021, Campos dos Goytacazes. Anais eletrônicos [...] Campinas, Galoá, 2021. Disponível em: https://proceedings.science/confict-conpg/confict-conpg-2021/trabalhos/hematologia-de-serpentes-revisao-de-literatura?lang=pt-br. Acesso em: 12 jan. 2023.

BERNARDE, Paulo Sérgio. Serpentes peçonhentas e acidentes ofídicos no Brasil. Anolis books, 2014. ISBN: 978-85-66250-07-9. Disponível em: https://www.anolisbooks.com.br/produtos/detalhes/671/serpentes-peconhentas-e-acidentes-ofidicos-no-brasil. Acesso em: 12 jul. 2023.

BOMFIM, Vitória Vilas Boas da Silva; SANTANA, Renata Lisboa; GUIMARÃES, Claudia Danille. Perfil epidemiológico dos acidentes por animais peçonhentos na Bahia de 2010 a 2019. Research, Society and Development. [S. l.], v. 10, n. 8, p. e38710817113, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i8.17113. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/download/17113/15605/221452. Acesso em: 22 dez. 2023.

BRASIL. Lei Federal Nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998. Dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente, e dá outras providências. Disponível em: http://arquivos.ambiente.sp.gov.br/cortafogo/2011/06/lei_9605_98.pdf. Acesso em: 12 jul. 2023.

BRAZIL, Tania Kobler (Ed.). Catálogo da fauna terrestre de importância médica na Bahia. SciELO-EDUFBA, 2010. Disponível em: https://abre.ai/books-google-brazil. Acesso em: 22 dez. 2023.

CABRAL, Thalles Sampaio Dias et al. Projeto de extensão peçonhentos e venenosos. SEURS - Seminário de Extensão Universitária da Região Sul. Universidade Federal da Fronteira Sul - UFFS. ISSN: 1983-6554 2022. Disponível em: https://portaleventos.uffs.edu.br/index.php/seurs/article/view/17677. Acesso em: 26 dez. 2023.

CAMPO, Meschial William et al. INTERNAÇÕES HOSPITALARES DE VÍTIMAS DE ACIDENTES POR ANIMAIS PEÇONHENTOS. Revista da Rede de Enfermagem do Nordeste. ISSN: 1517-3852. vol. 14, núm. 2, 2013, pp. 311-319. Universidade Federal do Ceará Fortaleza, Brasil. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/3240/324027986009.pdf. Acesso em: 12 jan. 2023.

CARDOSO, José Luiz Costa. Animais peçonhentos no Brasil: biologia, clínica e terapêutica dos acidentes. 2. ed. São Paulo: Sarvier, 2009. 540 p. ilusão. ISBN 978-85-232-0729-8. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/lil-533700. Acesso em: 12 dez. 2023.

CARNEIRO, Deise Oliveira; DOS SANTOS, Maria Auxiliadora Freitas. Percepção ambiental da caatinga: um estudo de educação ambiental comunitária. Revista Macambira, v. 2, n. 2, 2018. DOI: 10.35642/rm.v2i2.221. Disponível em: https://revista.lapprudes.net/index.php/RM/article/view/221. Acesso em: 23 dez. 2023.

CHIPPAUX, Jean-Philippe. Epidemiology of envenomations by terrestrial venomous animals in Brazil based on case reporting: from obvious facts to contingencies. Journal of venomous animals and toxins including tropical diseases, v. 21, p. 1-17, 2015. DOI: 10.1186/s40409-015-0011-1. Disponível em: https://scielo.br/j/jvatitd/a/r9ZgKxxmd5xvjqd4WD8g3Kv/?format=pdf&lang=en. Acesso em: 12 jul. 2023.

CORREIA, Juliana Mendes. et al. Intoxicação por Philodryas olfersii (Lichtenstein, 1823) atendido no Hospital da Restauração em Recife, Pernambuco, Brasil: relato de caso. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, v. 3, pág. 336-338, 2010. DOI: 10.1590/S0037-86822010000300025. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rsbmt/a/HvGSDgcDhgHJmxxH6tXyZGD/abstract/?lang=pt. Acesso em: 30 dez. 2023.

COSTA, Henrique C.; GUEDES, Thaís B.; BÉRNILS, Renato Silveira. Lista de répteis do Brasil: padrões e tendências. Herpetologia Brasileira, v. 10, n. 3, p. 110-279, 2021. DOI: 10.5281/zenodo.5838950 Disponível em: https://storage.builderall.com/franquias/2/6437879/editor-html/10007692.pdf. Acesso em: 12 dez. 2023.

COSTA, Mikaelle Kaline Bezerra da. Acidentes ofídicos em região semiárida potiguar: epidemiologia, etnozoologia e divulgação científica como subsídios à prevenção de acidentes e conservação de espécies. 2019. 136f. Tese (Doutorado em Desenvolvimento e Meio Ambiente) - Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019. Disponível em: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/27957. Acesso em: 12 dez. 2023.

CUNHA, Elaine Moio da, MARTINS, Otávio Augusto. Principais compostos químicos presentem nos venenos de cobras dos gêneros Bothrops e Crotalus–Uma Revisão. Revista Eletrônica de Educação e Ciência, v. 2, n. 2, p. 21-26, 2012. Disponível em: https://fira.edu.br/revista/reec_vol2_num2_pag21.pdf. Acesso em: 29 dez. 2023

DIAS JUNIOR, Francisco de Assis Chaves. Acidentes por animais peçonhentos: caracterização epidemiológica no estado de Santa Catarina no período de 2014 a 2016. Monografia (Bacharelado) - Universidade do Sul de Santa Catarina, Tubarão, 2018. Disponível em: https://repositorio.animaeducacao.com.br/bitstream/ANIMA/9654/1/TCC%20-%20MEDICINA%20-%20FRANCISCO%20DIAS%20JUNIOR.pdf. Acesso em: 12 dez. 2023.

DIVERS, Stephen J.; STAHL, Scott J. (Ed.). Medicina e Cirurgia de Répteis e Anfíbios de Mader (3ª ed.). Elsevier Ciências da Saúde, 2018. Disponível em: https://abre.ai/books-google. Acesso em: 12 dez. 2023.

FRAGA, Rafael de.; LIMA, Albetina Pimentel.; PRUDENTE, Ana Lúcia da Costa.; MAGNUSSON, William E. Guia de cobras da região de Manaus - Amazônia Central / Guia das cobras da região de Manaus - Amazônia Central. Manaus: Editora Inpa, 2013. 303 p.: eu. cor. ISBN: 978-85-211-0122-2. Disponível em: https://repositorio.inpa.gov.br/handle/1/36306. Acesso em: 23 dez. 2023.

FREITAS, Marco Antônio de. Serpentes Brasileiras. 1.ed. Lauro de Freitas: Editora Ophis, 2003. 160 p. ISBN 978-85-89000-11-7. Disponível em: https://www.herpeto.org/wp-content/uploads/biblioteca/livros/Serpentes-Brasileiras-Marco-Antonio-de-Freitas.pdf. Acesso em: 21 dez. 2023.

FUNED- Fundação Ezequiel Dias. Ciência em Movimento. Disponível em: http://www.funed.mg.gov.br/visita-ciencia-movimento/,2014. Acesso em: 12 jul. 2023.

GASPAROTTO, Odival Cezar et al. Fisiologia Animal Comparada. 1. Ed. Florianópolis: BIOLOGIA/EAD/UFSC, 2011. ISBN: 978-85-61485-40-5. v. 01. 238p. Disponível em: https://antigo.uab.ufsc.br/biologia//files/2020/08/Fisiologia-Animal-Comparada.pdf. Acesso em: 26 dez. 2023.

GUEDES, Taís Barreto. Serpentes da Caatinga: diversidade, história natural, biogeografia e conservação. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas, São José do Rio Preto, 2012. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/server/api/core/bitstreams/9bc929c3-f4ad-4e6f-984f-68492ff17a82/content. Acesso em: 22 dez. 2023.

HAUFF, Shirley N. Representatividade do Sistema Nacional de Unidades de Conservação na Caatinga. Brasília: PNUD - Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Projeto BRA/00/021, setembro de 2010. Disponível em: https://www.gov.br/mma/pt-br/assuntos/ecossistemas-1/biomas/arquivos-biomas/representativconservcaat_shauff_revisojoo_03___produto_final_203_completo.pdf. Acesso em: 12 jul. 2023.

IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Mapa de Biomas e de Vegetação. 2019. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/geociencias/cartas-e-mapas/informacoes-ambientais/15842-biomas.html?=&t=downloads. Acesso em: 12 jul. 2023.

JACOBSON, Elliott R., GARNER, Michael M. (Eds.). Diseases and Pathology of Reptiles: Color Atlas and Text, Two Volume Set (1st ed.). CRC Press. 2021. DOI: 10.1201/b20695. Disponível em: https://abre.ai/books-google-jacobson. Acesso em: 23 dez. 2023.

LIRA-DA-SILVA, Rejâne Maria.; LIRA-DA-SILVA, Josefa Rosimere.; MISE, Yukari Figueroa.; BRAZIL, Tania Kobler. Educando sobre animais peçonhentos e salvando vidas: a importância de um museu universitário temático. Museologia e Patrimônio - Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Museologia e Patrimônio - Unirio | MAST – vol.12, no 1, 2019. Disponível em: http://revistamuseologiaepatrimonio.mast.br/index.php/ppgpmus/article/view/733/672. Acesso em: 23 dez. 2023.

MESQUITA, Paulo C. M. D.; PASSOS, Daniel C.; BORGES-NOJOSA, Diva M.; CECHIN, Sônia Z. Ecologia e história natural das serpentes de uma área de Caatinga no nordeste brasileiro. Papéis Avulsos de Zoologia, v. 53, p. 99-113, 2013. DOI: 10.1590/S0100-40422013000200002. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/paz/article/view/78882/82955. Acesso em: 23 dez. 2023

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Secretaria de Vigilância em Saúde. Coordenação - Geral de Desenvolvimento da Epidemiologia em Serviços. Acidentes por Animais Peçonhentos/Capítulo 11. In: Guia de Vigilância em Saúde: [recurso eletrônico] / Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde, Coordenação - Geral de Desenvolvimento da Epidemiologia e Serviços. – 1. ed. atual. – Brasília: Ministério da Saúde pp.684 - 704, 2016. ISBN 978-85-334-2706-8. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/guia_vigilancia_saude_3ed.pdf. Acesso em: 12 jul. 2023.

MONACO, Luciana. M. Soros e vacinas do Butantan. Instituto Butantan. São Paulo: 1º edição, 2018. Disponível em: https://repositorio.butantan.gov.br/bitstream/butantan/3394/1/soros_vacinas.pdf. Acesso em: 12 jul. 2023.

MONACO, Luciana M.; MEIRELES, F. C.; ABDULLATIF, M. T. G. V. Animais venenosos: serpentes, anfíbios, aranhas, escorpiões, insetos e lacraias. 2. ed. Revista e ampliada. São Paulo: Instituto Butantan, 2017. 40 p. Disponível em: https://publicacoeseducativas.butantan.gov.br/web/animais-venenosos/pages/pdf/animais_venenosos.pdf. Acesso em: 12 jan. 2023.

NOGUEIRA, Cristiano de Campos.; ARGOLO, Antônio J. S.; ARZAMENDIA, Vanessa.; AZEVEDO, Josué Anderson. Atlas of Brazilian snakes: verified point-locality maps to mitigate the Wallacean shortfall in a megadiverse snake fauna. South Aerican Journal of Herpetology, v. 14, n. sp1, p. 1-274, 2019. DOI: 10.2994/SAJH-D-19-00120.1. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/338494729_Atlas_of_Brazilian_Snakes_Verified_Point-Locality_Maps_to_Mitigate_the_Wallacean_Shortfall_in_a_Megadiverse_Snake_Fauna. Acesso em: 23 dez. 2023.

PEDREIRA, Rosângela Dias. JULIÃO, Fred da Silva. Riscos de acidentes com animais peçonhentos no Instituto Federal Baiano Campus Santa Inês. Campina Grande: Editora Amplla, 2022. 224-240p. DOI: 10.51859/amplla.cam2256-19. Disponível em: https://ampllaeditora.com.br/books/2022/07/CienciasAgrariasMeioAmbiente.pdf. Acesso em: 27 dez. 2023.

RODRIGUES, Rosângela Lima de Neves. Criado na roça: trajetória e construção identitária do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano Campus Santa Inês (1993-2008). 2012. Dissertação (Mestrado em Educação Agrícola) - Instituto de Agronomia, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). Disponível em: https://tede.ufrrj.br/jspui/bitstream/jspui/1648/5/2012%20-%20Rosangela%20Lima%20de%20Neves%20Rodrigues.pdf. Acesso em: 26 dez. 2023.

SALOMÃO, Maria da Graça.; ALBOLEA, Aracy Braule Pinto.; SOBEIRO-GONÇALVES, Erick.; ALMEIRA-SANTOS, Selma Maria de. Animais peçonhentos no município de Guarulhos, São Paulo, Brasil: incidência de acidentes e situações com vistas a sua prevenção. Pub. Avulsas Inst. Pau Brasil, v.9, p.77-83, 2005. Disponível em: file:///C:/Users/Islan/Downloads/Animais_peconhentos_no_municipio_de_Guar.pdf. Acesso em: 27 dez. 2023.

SATO, Michèle; PASSOS, Luiz A. Biorregionalismo: identidade histórica e caminhos para a cidadania. Educação ambiental: repensando o espaço da cidadania. São Paulo: Cortez, p. 221-252, 2002.

SELEGHIM, Maycon Rogério et al. Acidentes por serpentes e utilização de soroterapia antipeçonhenta. Arq. ciências saúde UNIPAR, p. 143-150, 2011. Disponível em: https://www.cabidigitallibrary.org/doi/pdf/10.5555/20123142046. Acesso em: 27 dez b. 2023.

SILVA, Clécio Danilo Dias.; SILVA, Lucas Mateus Costa.; CAVALCANTE, Brayan Paiva.; SANTOS, Daniele Bezerra dos. O domínio da caatinga e sua biodiversidade: concepções alternativas de estudantes da educação básica. Revista Macambira, [S. l.], v. 5, n. 2, p. e052004, 2021. DOI: 10.35642/rm.v5i2.618. Disponível em: https://revista.lapprudes.net/index.php/RM/article/view/618. Acesso em: 23 dez. 2023.

SLOWINSKI, Joseph B. A phylogenetic analysis of the New World coral snakes (Elapidae: Leptomicrurus, Micruroides, and Micrurus) based on allozymic and morphological characters. Journal of Herpetology, p. 325-338, 1995. DOI: 10.2307/1564981. Disponível em: https://www.jstor.org/stable/1564981?casa_token=qcr0NOXYEvoAAAAA%3AOAMlpHXKwgISoRBAA05BvGOjhh5K1CRyz2f9P9ilF6jUf50xizUN6xtiwvJCZ7E-xQGufCQl2e2UHvVvFTa1MaRDb7dvOHJSQCHtOoUNAYpm6LXsyC0EbQ. Acesso em: 12 jul. 2023.

SOUSA, Ítalo Tarsis Ferreira de. Diversidade e ecologia espaço-temporal de uma taxocenose de lagartos e serpentes em uma área da Caatinga, Nordeste Brasileiro. 2018. 90f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais), Programa de Pós-graduação em Ciências Florestais, Centro de Saúde e Tecnologia Rural, Universidade Federal de Campina Grande – Patos – Paraíba Brasil, 2018. Disponível em: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/3643. Acesso em: 23 dez . 2023.

TURCI, Luis Carlos Batista. et al. Uso do hábitat, atividade e comportamento de Bothriopsis bilineatus e de Bothrops atrox (Serpentes: Viperidae) na floresta do Rio Moa, Acre, Brasil. Biota Neotropica, v. 9, p. 197-206, 2009. DOI: 10.1590/S1676-06032009000300020. Disponível em: https://www.scielo.br/j/bn/a/LYQX6ZnzNVYDcR7CCHcsnkv/. Acesso em: 12 jul. 2023.

VALENTA, Jiri. REPTILES – CLASSIFICATION, EVOLUTION AND SYSTEMS VENOMOUS SNAKES - ENVENOMING, THERAPY. New York: Prague 2008. 2nd revised edition. Disponível em: https://pt.scribd.com/document/338591053/2010-Venomous-Snakes-Envenoming-Therapy-Second-Edition-pdf. Acesso em: 23 dez . 2023.

VAZ, Victor Hugo da Silva.; BRAZIL, Osiris Ashton Vital.; PAIXÃO, Ana Eleonora Almeida. Propriedade intelectual do soro antiofídico: a efetividade a partir da correlação entre os investimentos do governo federal nos principais institutos responsáveis pela produção do soro e realização de pesquisas para o tratamento de acidentes ofídicos no brasil, com relação ao número de vítimas fatais dos acidentes. Cadernos Saúde Coletiva, v. 28, n. 3, p. 409–421, jul. 2020. DOI: 10.1590/1414-462X202028030018. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1414-462X202028030018. Acesso em: 23 dez. 2023.

Publicado

2024-03-07

Como Citar

SANTOS, Marília Almeida dos; SOUSA, Leonardo Teixeira; JULIÃO, Fred da Silva. Ocorrência de serpentes e os riscos à comunidade do IF Baiano Campus Santa Inês. Revista Macambira, [S. l.], v. 8, n. 1, p. e081005, 2024. DOI: 10.35642/rm.v8i1.1059. Disponível em: https://revista.lapprudes.net/RM/article/view/1059. Acesso em: 13 jul. 2024.