Irrigação com déficit controlado na cultura da melancia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35642/rm.v8i1.1218

Palavras-chave:

Semiárido, Citrullus lanatus, Déficit hídrico, Eficiência de uso da água, Gotejamento

Resumo

O uso de estratégias de irrigação com déficit hídrico possibilita manter a produtividade e aumentar a eficiência de uso da água. Objetivou-se avaliar o efeito da irrigação com déficit controlado na produtividade e na qualidade de frutos da melancia em região semiárida da Bahia. O trabalho foi conduzido na área experimental do IF Baiano Campus Guanambi, BA com a cultivar Crimson Select Hollar Premium, plantada em espaçamento de 2,5 m x 1,5 m. O delineamento experimental foi blocos casualizados com cinco tratamentos (T) e quatro repetições: T1- irrigação plena (100% da evapotranspiração da cultura - ETc) durante o ciclo da cultura; T2 - irrigação plena na fase inicial e irrigação com déficit controlado (RDI) com 50% da ETc nas demais fases; T3 - irrigação plena até o início da frutificação e RDI com 75% da ETc até a colheita; T4 - irrigação plena até o início da frutificação e RDI com 50% da ETc até a colheita e T5 - irrigação plena até o início da frutificação e RDI com 25% da ETc até a colheita. Nas condições de estudo, pode planejar a irrigação com RDI a 50% da ETc após o desenvolvimento inicial da cultura, pois possibilita manutenção da produtividade, maior eficiência de uso da água e redução da pegada hídrica. Rendimento de polpa, teor de sólidos solúveis, número de frutos por planta, largura, massa, comprimento e circunferência do fruto foram similares entre tratamentos.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Higor Figueiredo Rodrigues, IF Baiano - Campus Guanambi

Graduando em Engenharia Agronômica, IF Baiano Campus Guanambi, Guanambi, Bahia, Brasil. Zona Rural, Distrito de Ceraima, Guanambi, Bahia, Brasil, CEP: 46380-000.

Marcelo Rocha dos Santos, IF Baiano - Campus Guanambi

Prof. Dr. em Eng. Agrícola – UFV. Professor do IF Baiano Campus Guanambi, Guanambi, Bahia, Brasil. Zona Rural, Distrito de Ceraima, Guanambi, Bahia, Brasil, CEP: 46.430-000.

Carlos Elizio Cotrim, IF Baiano - Campus Guanambi

Prof. Dr. em Eng. Agrícola – UFV. Professor do IF Baiano Campus Guanambi, Guanambi, Bahia, Brasil. Zona Rural, Distrito de Ceraima, Guanambi, Bahia, Brasil, CEP: 46.430-000.

Sérgio Luiz Rodrigues Donato, IF Baiano - Campus Guanambi

Prof. Dr. em Fitotecnia – UFV. Professor do IF Baiano Campus Guanambi, Guanambi, Bahia, Brasil. Zona Rural, Distrito de Ceraima, Guanambi, Bahia, Brasil, CEP: 46.430-000.

Referências

ALLEN, Richard G.; PEREIRA, Luis S.; RAES, Dirk; SMITH, Martin. Crop evapotranspiration: Guidelines for computing crop water requirements. Rome: FAO, 1998. 300 p. (FAO – Irrigation and Drainage Paper, 56). Disponível em: https://www.fao.org/3/X0490E/x0490e00.htm. Acesso em: 19 jul. 2021.

CAVALCANTE, Mônica Silva Gomes et al. Percolação, eficiência de aplicação e uso de água na irrigação da melancia com diferentes lâminas. In: IV Mostra de Iniciação Científica. Ilhéus-BA, 2015. Disponível em: https://tede.ufrrj.br/handle/jspui/1488. Acesso em: 19 jul. 2021.

CONCEIÇÃO, Bruno César Léllis. Manejo da irrigação com déficit hídrico controlado no cultivo orgânico da cenoura (Daucus carota). 44 f. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) – Instituto de Agronomia, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica-RJ, 2015.

COTRIM, Carlos Elizio et al. Manejo da irrigação. In: SIQUEIRA, D. L.; SALOMÃO, Luiz Carlos Chamhum; BORÉM, Aluízio (Org.). Manga: do plantio à colheita. 1. ed. Viçosa-MG: Editora UFV, 2019, p. 209-235.

FOOD AND AGRICULTURE ORGANIZATION (FAO). Databases and software, crop information, watermelon. Rome: FAO, 2018. Disponível em: https://www.fao.org/land-water/databases-and-software/crop-information/watermelon/en/. Acesso em: 19 jul. 2021.

FERNÁNDEZ, José Enrique et al. Water use indicators and economic analysis for on-farm irrigation decision: A case study of a super high density olive tree orchard. Agricultural Water Management, v. 237, n. 106074, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.agwat.2020.106074. Acesso em: 19 jul. 2021.

FERREIRA, Valber Mendes et al. Coeficientes de cultura para a melancia irrigada por gotejamento. In: Anais do XL Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola, 2011. Cuiabá: SBEA, 2011. CD-ROM.

FERREIRA, Valber Mendes et al. Evapotranspiração e coeficiente de cultura da melancia na microrregião de Teresina, PI, Brasil. Comunicata Scientiae, v. 6, p. 488, 2015. Disponível em: https://www.embrapa.br/busca-de-publicacoes/-/publicacao/1040118/evapotranspiracao-e-coeficiente-de-cultura-da-melancia-na-microrregiao-de-teresina-pi-brasil. Acesso em: 19 jul. 2021.

FIGUEIRÊDO, Vladimir Batista et al. Evapotranspiração da cultura da melancia irrigada com água de diferentes salinidades. Engenharia Agrícola, v. 29, p. 231-240, 2009. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0100-69162009000200006. Acesso em: 19 jul. 2021.

GAMA, Francismar Rodrigues et al. Nutrição mineral e adubação na cultura da melancia. 2011. In: SANTOS, Gil Rodrigues; ZAMBOLIM, Laércio. Tecnologias para produção sustentável da melancia no Brasil. Visconde do Rio Branco: Suprema Gráfica e Editora LTDA, p. 19-44.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Produção Agrícola – Lavoura Temporária. Rio de Janeiro: IBGE Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pesquisa/14/10340. Acesso em: 19 jul. 2021.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Produção Agrícola Municipal 2022: informações sobre culturas temporárias. Rio de Janeiro: IBGE. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/explica/producao-agropecuaria/melancia/br. Acesso em: 20 nov. 2023.

LIMA NETO, Isaías da Silva et al. Qualidade de frutos de diferentes variedades de melancia provenientes de Mossoró-RN. Revista Caatinga, v. 23, p. 14-20, 2010. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/2371/237116350003.pdf. Acesso em: 20 nov. 2023.

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO (MAPA). Secretaria da defesa agropecuária. Instrução normativa e conjunta nº 1, de 15 de abril de 2020. Brasília-DF, 2020.

MORAIS, Neuzo Batista de et al. Resposta de plantas de melancia cultivadas sob diferentes níveis de água e de nitrogênio. Revista Ciência Agronômica, v. 39, n. 3, p. 369-377, 2008. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/revistacienciaagronomica/article/view/83807. Acesso em: 20 nov. 2023.

OLIVEIRA, Joaquim Branco de et al. Rendimento e qualidade de frutos de melancia em diferentes épocas de plantio. Revista Caatinga, v. 28, n. 2, p. 19-25, 2015. Disponível em: https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/124504/1/Magna-2015.pdf. Acesso em: 20 nov. 2023.

PINHO, Romário de Castro et al. Produção e qualidade de frutos de cultivares de melancia sob irrigação por gotejamento. In: XL Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola. Geração de Tecnoligas Inovadoras e o Desenvolvimento do Cerrado Brasileiro. Cuiabá: SBEA, 2011. p. CD-ROM.

SANTOS, Marcelo Rocha dos; BRITO, Cleiton Fernando Barbosa. Irrigação com água salina, opção agrícola consciente. Revista Agrotecnologia, v. 7, p. 33-41, 2016. Disponível em: https://www.revista.ueg.br/index.php/agrotecnologia/article/view/5175. Acesso em: 20 nov. 2023.

SANTOS, Marcelo Rocha dos et al. Yield and water use efficiency in 'Tommy Atkins' and 'Palmer' mango trees under localized irrigation with water deficit. Semina. Ciências Agrárias, v. 41, p. 2509-2522, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.5433/1679-0359.2020v41n6p2509. Acesso em: 20 nov. 2023.

TEODORO, Reges Eduardo Franco et al. Diferentes lâminas de irrigação por gotejamento na cultura de melancia (Citrullus lanatus). Bioscience Journal, v. 20, n. 1, p. 29-32, 2004. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/6486. Acesso em: 20 nov. 2023.

Publicado

2024-03-07

Como Citar

RODRIGUES, Higor Figueiredo; SANTOS, Marcelo Rocha dos; COTRIM, Carlos Elizio; RODRIGUES DONATO, Sérgio Luiz. Irrigação com déficit controlado na cultura da melancia. Revista Macambira, [S. l.], v. 8, n. 1, p. e081004, 2024. DOI: 10.35642/rm.v8i1.1218. Disponível em: https://revista.lapprudes.net/RM/article/view/1218. Acesso em: 13 jul. 2024.